top of page

ChatGPT e por que advogados nunca devem subestimar a importância da comunicação?

Atualizado: 28 de mar. de 2023



Quais são seus hábitos de consumo de conteúdo?


É provável que você tenha um ou mais dispositivos ao alcance da mão.


Não se preocupe você não está sozinho!


65% das pessoas dormem com ou ao lado de seu smartphone.


E isso não inclui outros dispositivos, como televisão, tablet, computador ou dispositivos como a Alexa, da Amazon.


Outro dado interessante é que 70% dos brasileiros usam as redes sociais como fonte de informação.


E agora, estamos diante de mais uma tecnologia que deve impactar esse comportamento: o ChatGPT.


Ele promete ser mais fácil de usar, eficiente e confiável do que uma busca no Google ou nas redes sociais e é aí que os advogados devem começar a prestar atenção.


Veja nesse artigo como os advogados podem se adequar mais rapidamente a esse novo contexto.


O que é consumo de conteúdo?


O consumo de conteúdo é definido como a forma como as pessoas leem, visualizam ou ouvem informações e dados.


Vivemos em um mundo com vários dispositivos, onde escolhemos usar diferentes dispositivos conectados para realizar diferentes tarefas.


Além disso, esses dispositivos costumam ter uma tela e, nos mais modernos, funcionalidade de voz.


Isso causa muito impacto na comunicação. Na tela menor, por exemplo, as frases e os parágrafos devem ser mais curtos (como estou fazendo nesse artigo).


Na parte de tipografia, as fontes com serifa também não funcionam tão bem nos dispositivos digitais e atrapalham a leitura.


Até mesmo o estilo de redação é impactado. Atualmente, as pessoas não tem muita paciência com enrolação. Se você não for direito ao ponto, elas desistem de você.


Dessa forma, os advogados precisam se adaptar e aprender a entregar seu conteúdo no formato certo para atender seus clientes por meio do dispositivo e contexto de sua escolha.


Os advogados precisam entender os hábitos de consumo de conteúdo da atualidade e estes estão prestes a mudar radicalmente.


O que é comunicação e por que ela é importante para os advogados?


A comunicação é uma arte e não uma ciência, e habilidades de comunicação eficazes são essenciais para os profissionais do Direito.


Escrever notificações e e-mails, participar de reuniões, representar clientes em tribunal ou instruir advogados, a lista de situações nas quais o advogado precisa se comunicar é extensa.


No entanto, a comunicação eficaz com os clientes não é algo que a maioria dos advogados pensa muito.


E essa tendência começa na faculdade de direito, onde o foco tende a ser o direito substantivo e a teoria jurídica.


No entanto, para muitos advogados, habilidades de comunicação adequadas não são naturais e devem ser aprendidas.


Uma vez que grande parte do dia de um advogado é gasto em comunicação, os advogados não podem se dar ao luxo de serem maus comunicadores.


Isso significa que os advogados devem entender como transmitir uma mensagem de forma eficaz, garantindo que o destinatário entenda a intenção e o propósito por trás da mensagem.


A comunicação eficaz é aquela que atinge o objetivo pretendido. O objetivo de um contrato é viabilizar negócios. O objetivo de uma petição é convencer o julgador. O objetivo do e-mail é informar o cliente de algo importante.


É fácil para os advogados terem a ilusão de que se comunicaram e estabeleceram expectativas claras, quando a realidade é muito diferente.


Quais os benefícios de ser um comunicador eficaz?


Há duas razões principais pelas quais os advogados precisam ser comunicadores eficazes: A comunicação eficaz economiza tempo e dinheiro para você (e seus clientes) e melhora o relacionamento com os clientes.


Se você for um comunicador eficaz, diminuirá o risco de mal-entendidos, tanto em sua prática quanto com seus clientes e colegas.


Mal-entendidos podem custar caro e, às vezes, difíceis de resolver – algo que você e seus clientes desejam evitar.


A comunicação eficaz garante que todos estejam cientes do que se espera deles e das ações que precisam tomar.


Você não pode subestimar a importância da confiança na relação advogado-cliente.


Comunicar-se efetivamente com seus clientes significa que você promove maior confiança em suas habilidades como advogado.


Isso leva a uma maior satisfação do cliente e reduz o risco de reclamações feitas contra você.


Um cliente satisfeito também é uma boa fonte de negócios e provavelmente lhe indicará para outros potenciais clientes.


O que o ChatGPT tem a ver com isso?


O ChatGPT vai facilitar a vida dos clientes.


Se hoje os clientes já entram no Google, YouTube e outras fontes de informação para pesquisarem suas questões jurídicas antes mesmo de falar com um advogado, quando o ChatGPT se popularizar, isso será intensificado.


O motivo é que o ChatGPT foi desenvolvido para ter uma conversa muito próxima da humana e as respostas que ele dá podem ser bastante didáticas para os leigos, que terão mais condições de entender as questões jurídicas em que estão envolvidos.


Você pode solicitar a ele “Explique os motivos previstos em lei para demissão por justa causa, de uma maneira simples” e ele explicará de uma forma que qualquer pessoa consiga entender.


Portanto, os advogados precisam melhorar a sua comunicação, se não quiserem que o cliente prefira falar com o ChatGPT a falar com ele.


Dicas para advogados se comunicarem tão bem quanto o ChatGPT:


Comunique-se com clareza e com frequência


É fácil que as coisas se percam no juridiquês, portanto, o advogado deve fazer um esforço intencional para garantir que seu cliente entenda o que está acontecendo e evitar idas e vindas ou mal-entendidos desnecessários.


Defina as expectativas desde o início


Definir expectativas claras com seus clientes pode ajudar a melhorar a experiência dele com seus serviços jurídicos e evitar decepções.


Você atenderá melhor seus clientes quando estiver no seu melhor, portanto, definir as expectativas de disponibilidade com antecedência é fundamental para garantir que você possa cuidar de si mesmo enquanto atende às necessidades de seus clientes.


Invista no desenvolvimento de suas habilidades interpessoais


Ao contrário da crença popular, os clientes não vêm até você apenas pelo seu conhecimento enciclopédico da lei.


A empatia pode ajudar muito, especialmente em assuntos de alto estresse e emocionalmente voláteis, como divórcio, falência ou defesa criminal.


O serviço do seu escritório de advocacia é tão importante quanto os resultados jurídicos que você fornece.


Seus clientes têm necessidades legais, mas também emocionais, e isso se aplica a todas as áreas de atuação.


Ouça, ouça, ouça


Você pode pensar que a comunicação com o cliente é dar conselhos jurídicos, mas, muitas vezes, o que os clientes realmente precisam é que você os ouça.


Acontece com muita frequência que os advogados intervêm e compartilham seus pensamentos antes de realmente entenderem o problema, o que pode deixar os clientes com a sensação de que não foram realmente ouvidos.


Saiba quando automatizar as comunicações (e quando não)


Na era digital, automatizar processos tediosos ou repetitivos pode ser uma grande vitória para os escritórios de advocacia.


No entanto, quando se trata de comunicação, é importante ser cuidadoso e garantir que a comunicação automatizada seja conveniente para você e seu cliente.


Vale a pena utilizar o ChatGPT na comunicação com os clientes do escritório, por exemplo?


É preciso saber quando a tecnologia pode ser útil, e quando pode atrapalhar mais do que ajudar.


Em geral, as comunicações simples e transacionais são boas para automatizar, mas é melhor deixar as comunicações mais pessoais e específicas para os humanos.


Invista em treinamento de comunicação com o cliente


Os escritórios de advocacia devem considerar o treinamento para entender e compartilhar melhor como seus advogados devem lidar com os clientes.


Aprimorar as habilidades interpessoais pode ser útil para os advogados, mas também é útil para todos os funcionários do escritório de advocacia ao se comunicar com os clientes.


Aprenda a usar o ChatGPT


Por fim, atualize-se. Entenda como funciona essa nova ferramenta que promete substituir o Google na vida dos seus clientes, aprenda a usá-la e se adapte à nova realidade de forma rápida e focada na área jurídica.


No dia 26 de abril de 2023, às 18 horas, nós faremos uma Masterclass chamada “ChatGPT e Inteligência Artificial para Advogados”.


É a sua chance de entender logo o que está acontecendo, aprender a usar essa nova ferramenta de maneira segura e eficiente, bem como se preparar para o que está por vir.

Clique no link para fazer a sua inscrição: “ChatGPT e Inteligência Artificial para Advogados


Mauro Roberto Martins Junior

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page